Busca no site:

Carnaval 2017














































Unimed Ceará realiza Passeio Ciclístico especial do Outubro Rosa

Passeio Ciclístico Rosa Unimed Ceará 2No próximo dia 5 de outubro, a Unimed Ceará irá promover o Passeio Ciclístico especial do Outubro Rosa, em parceria com a Rede Mama. O objetivo é alertar as mulheres para a importância da prevenção e detecção precoce do câncer de mama. O Passeio Ciclístico Rosa terá concentração a partir das 19 horas, com saída às 20 horas, em frente à Sede da Unimed Ceará, localizada na Rua Padre Luís Figueira, 52, Aldeota.

“Mais uma vez, a Unimed Ceará reforça este importante movimento do Outubro Rosa, que é o de disseminar conhecimento sobre o câncer de mama. Por isso, segue em parceria com a Rede Mama, que este ano traz o tema ´Acesso Já’, incentivando a realização de exames preventivos”, explica o presidente da Unimed Ceará, Dr. Darival Bringel de Olinda.

Os 500 primeiros participantes que fizerem a doação de uma ou mais latas de leite em pó ganharão uma camisa do evento. Os ciclistas irão dispor do acompanhamento de ambulância, carro de apoio, batedores e água. Também será possível alugar bicicletas no local.

Além do passeio ciclístico, ao longo do mês de outubro, a Unimed Ceará realizará outras ações, como distribuição de lacinhos da campanha e iluminação da fachada na cor rosa.

 

Serviço – Passeio Ciclístico Rosa

Data: 05 de outubro (quarta-feira)

Horário: 19h – concentração / 20h – saída

Local: Rua Padre Luís Figueira, 52, Aldeota

Inscrição: uma ou mais latas de leite em pó

Aluguel de bicicletas no local: R$ 20

 

Sobre o Movimento Outubro Rosa 

Criado nos Estados Unidos na década de 90, o movimento Outubro Rosa se espalhou pelo mundo levando à sociedade a importância de prevenção ao câncer de mama, com foco no autoexame. No Brasil, o movimento teve início em 2002 quando um grupo de mulheres teve a iniciativa de iluminar de cor de rosa o Obelisco do Ibirapuera, em São Paulo. Com o passar do tempo, os governos e organizações foram desenvolvendo ações relacionadas à campanha, que se tornou internacional.

 

Sobre a Rede Mama (www.facebook.com.br/redemama)

Fundada em junho de 2014, a Rede Cearense de Combate ao Câncer de Mama (Rede Mama) é uma instituição sem fins lucrativos, que tem por missão congregar as instituições que atuam no combate ao câncer de mama no Ceará, desenvolvendo trabalhos em parceria, visando à redução da mortalidade e contribuindo para a disseminação do conhecimento acerca da doença. A Rede Mama tem, dentre outros objetivos, organizar e promover eventos, campanhas e ações que envolvam a temática do câncer nas mulheres. Sendo assim, promoverá o Outubro Rosa 2016 no Ceará, que este ano tem como tema: “Acesso já”.

 

SUS passa a oferecer medicamento em forma de adesivo para Alzheimer

alzheimers-help-373x210A partir de agora, pacientes poderão obter pelo SUS um medicamento contra Alzheimer em forma de adesivo para a pele. A incorporação da rivastigmina adesivo transdérmico ao SUS foi publicada no Diário Oficial da União nesta quinta-feira (22).

A rivastigmina já estava disponível no sistema público em cápsula e solução oral. Outros medicamentos oferecidos pelo SUS para tratamento de Alzheimer são a donepezila e a galantamina.

Lançado no Brasil em 2008, o adesivo de rivastigmina libera gradativamente o princípio ativo ao longo do dia. Por levar o medicamento direto à corrente sanguínea, sem passar pelo sistema digestivo, o adesivo diminui efeitos colaterais como náuseas, vômitos e perda de apetite. O adesivo deve ser aplicado sobre a pele uma vez ao dia.

O mal de Alzheimer, que atinge em média 7% dos idosos, pode causar perda de funções cognitivas. No entanto, se diagnosticada no início, é possível retardar seu avanço ou ainda controlar os sintomas, melhorando a qualidade de vida do paciente.

Fonte: Bem Estar

Quatro antibióticos são suspensos no Brasil

saude-medicamento-4A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu nesta terça-feira todos os lotes do medicamento Amoxicilina + Clavulanato de Potássio, comprimidos 875 mg + 152 mg, fabricados pelas empresas Germed Farmacêutica Ltda., Legrand Pharma Indústria Farmacêutica e pela E.M.S. S/A, e o medicamento Policlavumoxil, fabricado pela Germed Farmacêutica Ltda.

A decisão foi motivada pela ausência de estudos de bioequivalência nas formulações dos produtos, conforme é exigido pela legislação. A resolução RE 2.544/16 foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira e vigorará pelo prazo de noventa dias.

A bioequivalência consiste na demonstração de equivalência farmacêutica entre produtos apresentados sob a mesma forma farmacêutica, contendo idêntica composição qualitativa e quantitativa de princípio ativo, e que tenham comparável biodisponibilidade, quando estudados sob um mesmo desenho experimental.

Fonte: Veja

Campanha de ‘multivacinação’ começa nesta segunda-feira

Vacina-PolioComeça nesta segunda-feira (19) uma campanha nacional de “multivacinação” que incluirá, pela primeira vez, todas as vacinas disponíveis pelo SUS para crianças de até 5 anos e para crianças e adolescentes entre 9 e 15 anos incompletos, incluindo a imunização contra HPV para meninas. O esforço de vacinação vai até o dia 30 de setembro.

Para realizar as imunizações, o Ministério da Saúde enviou 19,2 milhões de doses extras das 14 vacinas para os postos de saúde de todo o país. Serão cerca de 36 mil postos fixos de vacinação e 350 mil profissionais de saúde envolvidos nos 12 dias de mobilização.

As doses já estão normalmente disponíveis de forma gratuita no Sistema Único de Saúde (SUS), em qualquer posto. O objetivo principal da campanha é estimular que os pais levem os filhos para pôr em dia a carteira de vacinação.

Segundo Ana Goretti Kalumi, do Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde, a cobertura vacinal dos adolescentes no Brasil ainda não é adequada, por isso a campanha incluiu essa faixa etária. “Os adolescentes são um público que, diferentemente das crianças pequenas que são levadas pelas mães às unidades de saúde, são muito resistentes a buscar serviços de saúde”, disse a especialista em coletiva de imprensa.

A vacinação contra pólio ocorre normalmente no mês de agosto. Este ano, porém, ela foi adiada, segundo o Ministério da Saúde, devido à Olimpíada no Rio, que poderia diminuir a adesão.

Contra pólio, devem ser vacinadas crianças entre 6 meses e 5 anos de idade que ainda não tenham completado o esquema vacinal, que consiste em três doses da vacina injetável e mais duas doses de reforço em versão ora, a gotinha.

Neste ano, o calendário de vacinações teve mudanças no esquema vacinal contra HPV, pólio, meningite e pneumonia. As alterações foram anunciadas em janeiro.

O vídeo da campanha inclui, além do Zé Gotinha, os personagens da “Carreta Furacão”, trenzinho de Ribeirão Preto-SP que faz sucesso na internet.

Veja as 14 vacinas da campanha:
– Hepatite A
– VIP
– Meningocócica C
– Rotavírus
– HPV
– Pneumo 10
– Febre amarela
– Varicela
– Pentavalente
– Tetraviral
– Dupla adulto
– DTP
– Tríplice viral
– VOP (poliomielite)

Vacinar adolescentes é desafio
Segundo a médica Mônica Levi, presidente da Comissão Técnica para revisão dos calendários vacinais e consensos da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), a cobertura vacinal de crianças mais velhas e adolescentes ainda é um desafio a ser superado. “Temos um programa nacional de vacinação de muito sucesso, mas algumas vacinas do adolescente acabam esquecidas”, diz.

Um dos casos de baixa adesão é a vacina contra HPV para meninas, que tem o objetivo de prevenir câncer de colo de útero. Mônica lembra que a vacinação contra HPV teve sucesso na aplicação da primeira dose, mas informações divulgadas erroneamente sobre supostos efeitos colaterais da vacina, que posteriormente foram descartados, prejudicaram a campanha.

Quando entrou no programa nacional de imunizações, a vacina contra HPV chegou a ter 92,3% de adesão, entre 2014 e 2015. Porém, até março deste ano, apenas 69,5% das meninas de 9 a 11 anos tinham tomado a primeira dose da vacina. Quanto à segunda dose, a adesão foi ainda pior: só 43,73% do público-alvo foi atingido.

Veja mudanças na vacinação ocorridas este ano:

HPV
Como era: 2 doses para meninas de 9 a 13 anos com intervalo de 6 meses; 3ª dose 5 anos depois.Como fica: 2 doses com intervalo de 6 meses para meninas de 9 a 13 anos.

Poliomielite
Como era: injeção aos 2 e 4 meses e gotinha aos 6 meses. 2 doses de reforço aos 15 meses e aos 4 anos (ambas de gotinha).
Como fica: muda somente que a 3ª dose passa ser a injetável.

Pneumonia
Como era: 3 doses  (2, 4 e 6 meses de idade) e reforço entre 12 e 15 meses.
Como fica: 2 doses – aos 2 e 4 meses e um reforço aos 12 meses.

Meningite
Como era: 2 doses, aos 3 e 5 meses de idade, com reforço aos 15 meses.
Como fica:2 doses, aos 3 e 5 meses de idade, com reforço aos 12 meses.

 

Fonte: Bem Estar

Programa APS da Unimed Ceará é selecionado pela ANS para o Projeto Idoso Bem Cuidado

elevated view of a husband placing a flower in his wife's hair

elevated view of a husband placing a flower in his wife’s hair

O Programa de Atenção Personalizada à Saúde (APS) da Unimed Ceará está entre as 64 iniciativas selecionadas pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) em todo o Brasil para compor o Projeto Idoso Bem Cuidado, que propõe um modelo inovador de atenção aos idosos.

 

A empresa será acompanhada, juntamente com vários grupos do País, contemplando vários níveis de complexidade de atendimento, como: atenção primária, ambulatório de geriatria, atenção hospitalar, atenção domiciliar e cuidados paliativos.

 

A proposta é a remodelagem da prestação de serviços de maneira holística e continuada, aliada a modelos de remuneração diferenciados. Este é mais um desafio de inovação que a Unimed Ceará acolhe de maneira empreendedora e de vanguarda.

 

Sobre a APS 

A Atenção Personalizada à Saúde da Unimed Ceará oferece aos clientes atendimento personalizado, baseado nos princípios da saúde da família, com equipe multiprofissional, coordenada por um médico que conheça a história de vida, família e sua inserção na comunidade, resgatando uma maior proximidade e confiança. A APS visa também fortalecer o vínculo equipe-cliente, por meio de um atendimento personalizado e humanizado, tendo como foco o cuidado integral da saúde.

 

Projeto Idoso Bem Cuidado

O Projeto Idoso Bem Cuidado é uma iniciativa desenvolvida pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) que propõe um modelo inovador de atenção aos idosos. A ação envolve instituições parceiras e comprometidas com a investigação e a implementação de medidas na área do envelhecimento ativo, da qualidade da atenção à saúde, dos custos e gastos em saúde e da remuneração de prestadores. A ideia do projeto surgiu da necessidade de melhorar o cuidado aos idosos que possuem planos privados de saúde no Brasil e da necessidade de debater e reorientar os modelos de prestação e remuneração de serviços na saúde suplementar, visando à melhoria da qualidade da atenção e à implementação de estratégias de sustentabilidade do setor.

 

Informações: (85) 3453.7843

Temperatura média no Ceará está até 2º mais baixa

temperaturaA temperatura média no Ceará deve continuar cerca de 1º ou 2º mais baixa em setembro e outubro, em comparação aos próximos meses, como novembro de dezembro, historicamente mais quentes. Com ventos mais fortes, o período traz uma sensação térmica mais confortável durante a madrugada e o início da manhã, de acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme).

Nos últimos quatro dias, a temperatura em Barbalha chegou a 20.9º, enquanto que em Fortaleza essa medição chegou a 23.6º. A temperatura marcou 22.5º em Quixeramobim, na madrugada desta sexta-feira, 9, e 24.4º na capital cearense. “Os ventos muito fortes facilitam a diminuição das temperaturas. A tendência é que a sensação térmica aumente em novembro e dezembro, quando os ventos são menos intensos”, enfatiza o meteorologista da Funceme Raul Fritz.

Além da velocidade dos ventos, o inverno no hemisfério sul tem pequena interferência na redução das temperaturas no Estado. “Esse inverno, apesar da pouca influência, tende a baixar as temperaturas mínimas cerca de 1º. O pessoal que mora no sudeste sente mais isso”, afirma Fritz.

O período de ventos mais fortes deve-se ao deslocamento do Sistema de Alta Pressão Atmosférica do Atlântico Sul, com picos em agosto e setembro. A velocidade começa a diminuir em outubro e novembro. No mês seguinte, as temperaturas mais altas, com ventos mais fracos, aumentarão o calor.

Os ventos são mais fortes nas áreas mais próximas ao litoral, mas Raul explica que, mesmo assim, há registro de ventos intensos no interior. “Os ventos alísios que vêm dos oceanos, em certos momentos, conseguem adentrar o continente. Vão sendo amortecidos, aos poucos, pelo relevo, mas ainda conseguem chegar no interior”, completa.

Em Fortaleza, as rajadas de vento alcançaram 55km/hora nos últimos quatro dias. Os ventos na capital tiveram uma média de velocidade de 35km/hora, conforme a Funceme.

Umidade baixa
Os fortes ventos dão uma trégua no calor sentido no Estado, mas a baixa umidade relativa do ar, agravada pelos cinco anos consecutivos de seca, elevam a temperatura nos horários mais quentes do dia. “Desde junho e julho temos registrado umidades bem baixas no ar. No alto Jaguaribe e no Iguatu, por exemplo, a umidade relativa do ar alcançou 16% nos últimos quatro dias, o que já caracteriza estado de alerta”, frisa o meteorologista Raul Fritz.

Como essa umidade está relacionada à quantidade de vapor na atmosfera, a estiagem piora a situação no Ceará. Na madrugada desta sexta-feira, 9, nenhum município cearense registrou chuva. “Normalmente a umidade de Fortaleza é alta devido à proximidade do mar, mas ficou em 36% nos últimos quatro dias, bem perto do nível de atenção da OMS (Organização Mundial de Saúde)”, diz o meteorologista.

Segundo a  OMS, o nível adequado da umidade relativa do ar para o organismo humano varia entre 40% e 70%. Os índices inferiores a 40% não são adequados para a saúde humana, pois o ar fica saturado de vapor de água, afetando o controle da temperatura corporal.

A baixa umidade do ar, de acordo com a OMS, pode ocasionar: complicações alérgicas e respiratórias devido ao ressecamento de mucosas; sangramento pelo nariz; ressecamento da pele; irritação dos olhos; eletricidade estática nas pessoas e em equipamentos eletrônicos; aumento do potencial de incêndios em pastagens e florestas.

AR SECO
Abaixo de 12% – Emergência
Entre 12% a 20% – Alerta
Entre 21% a 30% – Atenção
Entre 31% a 40% – Observação

SERVIÇO
Acompanhe a previsão do tempo no site www.funceme.br 

Fonte: O Povo Online

Confira o que funciona e o que não funciona no feriado de 7 de setembro

 

Fortaleza-289-anosNa quarta-feira, dia 7, será, em todo território nacional, feriado da Independência do Brasil. Para data, uma programação com desfile acontece em Fortaleza. O atendimento será diferenciado.

Veja o que abre e fecha no feriado:

Bancos:  fecham na quarta e o atendimento ao público será retomado na quinta-feira, dia 8.

Cagece: O atendimento ao cliente funcionará com equipes de plantão 24 horas. As lojas de atendimento estarão fechadas no feriado. Caso precise, entre em contato com a Cagece pelos canais de atendimento disponíveis, como a Central de Atendimento (0800.275.0195), o aplicativo Cagece Mobile (disponível para Android e iOS) ou por meio do chat online, no portal da Cagece (www.cagece.com.br).

Coelce: Funcionará com a Central de Relacionamento (0800.2850196) normalmente, 24 horas por dia, oferecendo todos os serviços da companhia.

Detran: Os serviços do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) estarão suspensos e será retomado na quinta-feira, dia 7.

Hemoce: O Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce) vai estar aberto das 8 às 13h, na Avenida José Bastos. No posto de coleta do Instituto Dr. José Frota (IJF), funciona  de 13 às 17h3017h30.

Instituto Doutor José Frota (IJF): A emergência e o atendimento hospitalar funcionarão normalmente com equipes de plantão 24 horas.

UPAS: Atendimento normal, em regime de plantão.

Postos de saúde:Não funciona, apenas com atendimento especial de vacinação

Padarias e supermercados: Funcionamento normal, conforme a Associação Cearense de Supermercados (Acesu) e o Sindian-Ce.

Postos de gasolina: Conforme o Sindipostos, o funcionamento será normal.

Sindilojas: De acordo com o Sindicato do Comércio Varejista e Lojista de Fortaleza (Sindilojas), lojas dos shoppings e de rua estarão fechadas. Nos shoppings, funciona apenas praças de alimentação e os cinemas.

Fonte: Diário do Nordeste

Unimed Ceará inaugura academia ao ar livre na Praça Portugal

A Unimed Ceará inaugura a sua sétima academia gratuita ao ar livre em Fortaleza, desta vez, na Praça Portugal, no bairro Aldeota. A solenidade acontecerá nesta sexta-feira, 2 de setembro, a partir das 16 horas. A implantação do equipamento é fruto da parceria com a Prefeitura de Fortaleza/Regional II.

“Esta será a 12ª academia que a Unimed Ceará inaugura no Estado, com o objetivo de estimular a atividade física e combater o sedentarismo. É com muito orgulho que entregamos à população de Fortaleza um equipamento de qualidade, onde todos possam se exercitar de forma gratuita e segura”, explica o presidente da Unimed Ceará, Dr. Darival Bringel de Olinda.

Durante a inauguração, a Unimed Ceará oferecerá os serviços de aferição da pressão arterial e medição de peso, altura e do Índice de Massa Corporal (IMC).

 

Estrutura

A academia ficará à disposição da comunidade 24 horas por dia e foi implantada em uma área de 66m² e possui 21 equipamentos, sendo um exclusivo para pessoas com mobilidade reduzida, distribuídos em três espaços. O ‘Espaço Funcional’ conta com aparelhos para treinamento funcional, idealizados de acordo com as valências físicas. O ‘Espaço Fitness’ é destinado aos exercícios voltados para o fortalecimento muscular. Já o ‘Espaço Cardio’ possui aparelhos específicos para melhorar a capacidade cardiorrespiratória.

Em Fortaleza, já foram inauguradas academias na Praça dos Stressados (Avenida Beira-mar), Parque do Cocó, Praça do Mirante do Morro Santa Terezinha, Praça da OAB, Praça Dr. Carlos Alberto Studart Gomes (Praça das Flores) e Parque do Riacho Maceió. No interior, foram implantadas academias em Iguatu, Sobral, Crateús, Itapipoca e Reriutaba.

Até o final de 2016, a Unimed Ceará vai instalar ao todo 10 academias ao ar livre na Capital e outras 10 no interior do Estado, em parceria com as Unimeds Singulares e as Prefeituras Municipais.

 

Serviço – Inauguração da Academia na Praça Portugal:

Data: 02 de setembro de 2016 (sexta-feira)

Horário: a partir 16h

Local: Praça Portugal – Aldeota (No cruzamento das Avenidas Desembargador Moreira e Dom Luís)

Evento gratuito e aberto ao públicoAcademia Praça Portugal

Conheça formas de intensificar a ingestão de cálcio

calcioDesde os primeiros anos de vida somos incentivados a ingerir alimentos ricos em cálcio, popularmente o leite e seus derivados costumam ser os mais indicados. O estímulo para a ingestão de cálcio ocorre porque o mineral tem participação fundamental no crescimento, na formação e manutenção dos ossos e dos dentes e também atua positivamente na coagulação sanguínea, na transmissão de impulsos nervosos, na contração e relaxamento muscular, além de influenciar no ritmo cardíaco. Todas essas funções fazem com que o cálcio seja indispensável na dieta diária em todas as fases da vida.

Existem formas de potencializar o consumo e a retenção do mineral que vão além da ingestão de opções ligadas ao leite, elas estão listadas na ilustração abaixo. Mas, você sabia que existem alimentos que prejudicam a absorção da substância no organismo? É o caso do ácido oxálico, presente em alimentos como espinafre, acelga, berinjela e beterraba. Isso não quer dizer que estes itens não podem ser consumidos, mas sim que devem ser evitados em uma mesma refeição em que haja alimentos fontes de cálcio.

Mais cálcio no seu dia-a-dia
• Inclua diariamente uma porção de brócolis, alface, repolho ou couve no almoço ou jantar. Polvilhe as saladas com sementes de gergelim, elas também são fontes de cálcio.

• Acrescente no café da manhã alimentos que são enriquecidos com cálcio, como alguns cereais, sucos de frutas e pães. É importante observar a tabela nutricional constante na embalagem do produto para saber se contém cálcio.

• Ingira uma porção de nozes, castanhas ou amêndoas sempre que possível, elas são ricas em cálcio.

• Reduza a ingestão de cafeína, refrigerantes e bebidas alcoólicas. Ambos inibem a absorção de cálcio e devem ser consumidos com moderação.

• Se você tem intolerância à lactose, opte por iogurtes e queijos sem lactose, estes produtos também têm cálcio em sua composição.

• Fique exposto ao sol todos os dias, de 10 a 15 minutos, antes das 10h e após às 16h, para fixar e ativar a vitamina D, responsável pela absorção do cálcio no organismo.
Fonte: Viver Bem/Unimed do Brasil.

Logo ANS
Av. Dom José Tupinambá da Frota, 1951
CEP: 62010-290 - Centro - Sobral
Fone: (88) 3677-3000